Kaleydos

Os negócios de quem mantém a floresta viva

Poucos agricultores do mundo podem contar com os euros dos Rothschild. Mas no Brasil um projeto de agrofloresta no Vale do Ribeira chamou a atenção no ano passado da dinastia bancária europeia, que por meio de um de seus fundos de private equity fez o primeiro aporte na produção consorciada de palmito, banana, eucalipto e madeiras de lei numa fazenda modelo fincada na Mata Atlântica.

Chamado Moringa, o fundo dos Rothschild terá colocado ao todo quase R$ 19 milhões até o fim de 2019 para a implementação do projeto agrícola e industrial do Floresta Viva S.A., empresa na qual detém 60% de participação, ao lado do cineasta Fernando Meirelles e dos sócios-fundadores, os irmãos Roberto, Mário, Eduardo e Ari Pini, e o italiano Marco Curatella.

Continue lendo no Valor


Sobre a Kaleydos

Kaleydos é uma plataforma de investimento e desenvolvimento de soluções e negócios alinhados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Apoiamos negócios inovadores em estágio inicial de maneira personalizada mesclando mentoria, capital semente e co-gestão. Somos uma iniciativa do Instituto Jatobás. Clique aqui para saber mais sobre nós.

Assine a nossa newsletter mensal.